O tempo de exibição do YouTube aumentou 120%: como isso pode aumentar suas vendas?

29/07/2021

Apesar de ser importante para alguns YouTubers ter um grande número de views em seus vídeos, para a plataforma de vídeos o que realmente importa é o tempo de exibição desses conteúdos. Pois será essa métrica que determinará o sucesso e as impressões dos vídeos postados. 

Se você quer saber mais sobre a maior plataforma de vídeos do mundo e como criar um conteúdo para aumentar suas vendas, então continue com este post até o final! 

O que é tempo de exibição no YouTube?

tempo de exibição do YouTube aumentou 120%

O tempo de exibição no YouTube é uma das métricas mais importantes dessa plataforma. Uma vez que um canal pode receber um melhor rankeamento nas buscas ou aparecer mais no feed das pessoas que curtem esse conteúdo, é importante que os criadores de conteúdo invistam em formas de deixar o seu conteúdo mais atrativo. Pois quanto mais atrativo o vídeo for, mais tempo as pessoas passarão assistindo, dessa forma aumentando o tempo de exibição.

O YouTube dá mais visibilidade para os vídeos com os melhores tempos de exibição porque o algoritmo entende que se o vídeo está sendo visualizado até o final, então o conteúdo é bom.

Essa métrica está disponível no relatório de tempo de exibição, onde o total de horas vistas pelos usuários da plataforma fica gravado.

Quais estratégias aplicar para melhorar o tempo de exibição no YouTube?

tempo de exibição do YouTube aumentou 120%

Para que você consiga colocar os seus vídeos no Youtube nas primeiras posições na busca, ou até mesmo como sugestão nos feed, primeiramente é preciso pensar nas suas estratégias.

Quanto mais bem planejada essas estratégias, melhores serão os seus conteúdos e mais oportunidades você criará para o seu negócio.

Entre as principais estratégias que você deve adotar, podemos citar:

Crie um conteúdo relevante para o seu público

Antes que você comece a produzir vídeos para o YouTube, é importante ressaltar que essa é uma plataforma de conteúdo. Logo, você precisa entender que essa é uma ferramenta para produzir um conteúdo relevante para os seus possíveis clientes, assim como um blog.

Por isso, não é só colocar um vídeo aleatório no seu canal e esperar ganhar views; você precisa saber o que os seus leads querem/precisam e ajudá-los com os seus vídeos.

Se a sua empresa já tem uma persona, fica mais fácil de montar esse conteúdo. Caso contrário, já está na hora de criar uma, pois esse perfil irá te auxiliar a compreender mais o seu cliente. Isso ajuda também a deixar o seu negócio mais voltado a atender as necessidades dessa persona.

Para saber como ter uma estratégia Customer Centric, clique no link abaixo!

Leia mais: Customer Centric: sua empresa está preparada para essa tendência?

Encontre formas de engajar a sua audiência

O que faz os Youtubers se destacarem no meio de tantos vídeos, é a criação de uma linguagem própria e autêntica. Pois é isso que você precisa fazer para conseguir que os viewers se inscrevam no seu canal e deixem um like.

Além disso, é preciso estar atento e sempre responder aos comentários já que desse espaço pode sair a pauta do seu próximo vídeo. Afinal, nos comentários você pode encontrar dúvidas sobre o seu negócio que você pode explicar no canal.

Não só na seção de comentários, mas também nas redes sociais você pode se beneficiar dessa comunicação mais aberta com os seus potenciais clientes. Deixe por exemplo uma caixa de perguntas nos stories do Instagram e peça pela opinião dos seus seguidores.

Dessa forma, você constrói uma melhor reputação online ao mesmo tempo que consegue informação valiosa dos seus followers.

Leia também: Do on-line ao off-line: como gerar sinergia através de uma estratégia omnichannel

Use as redes sociais para promover o seu vídeo

Uma outra ação que pode te ajudar a melhorar o seu tempo de exposição no YouTube é a divulgação das produções através de outras redes sociais.

Assim você consegue uma audiência maior e até mais segmentada, já que as pessoas que te seguem nas redes sociais curtem o seu conteúdo.

Você também pode optar por trabalhar com as mídias pagas para melhorar o alcance desse vídeo e os envolvimentos com o seu conteúdo.

Deixe seus conteúdos otimizados seguindo as regras de SEO

Da mesma forma que você precisa deixar o seus conteúdos do blog otimizados, ou seja, seguindo as regras do Google, com os vídeos não será diferente.

Entretanto, para que seu conteúdo apareça no topo das buscas tanto do Google, quanto do próprio YouTube, você precisa estar atento a algumas informações. Como por exemplo criar títulos chamativos, a palavra-chave precisa estar no título e também no nome do arquivo, entre outras estratégias que você pode conferir no post abaixo!

Leia também: Como aparecer no Google e conseguir mais clientes para seu negócio

Por que investir no YouTube?

tempo de exibição do YouTube aumentou 120%

Desde o início da pandemia do COVID-19 houve um aumento exponencial no consumo de mídia online. Isso envolve canais de streaming como Netflix, Amazon Prime e o próprio YouTube, pois essas são formas de assistir a vídeos sem sair de casa.

Nos dois primeiros canais, você tem uma forma de entretenimento que normalmente é encontrada em cinemas e teatros. Entretanto, no YouTube, você encontra não só entretenimento, como shows ao vivo e filmes, mas também outras utilidades como videoaulas, música, conteúdo sobre esportes, enfim, tudo sobre variados assuntos. É isso que faz dessa plataforma de vídeos a maior em todo mundo!

Ainda não está convencido de que você precisa investir no YouTube como uma ferramenta de marketing digital? Então, veja esses dados que foram recolhidos e apresentados na matéria “A hora e a vez do streaming: 5 maneiras de impulsionar os resultados de marca com vídeos online“, do Think With Google.

  • Nos Estados Unidos, o YouTube atingiu mais pessoas entre 18 a 49 anos do que todas as redes de televisão juntas;
  • Em março de 2020, o tempo de exibição do YouTube (nas TVs e outros aparelhos) chegou aos 80% no YoY;
  • A Kia aumentou em 16% os leads digitais, além disso, teve um aumento de 15% na participação de mercado, mas isso após ações na plataforma de vídeos;
  • Através de campanhas no YouTube, a Sonos atingiu um crescimento de receita de dois dígitos no trimestre, representando mais de 16%. E também apresentou um salto de 67% na receita direta no YOY;
  • Novas pesquisas apontam que 70% dos espectadores norte-americanos, mexicanos e colombianos disseram ter comprado algum produto depois de tê-lo visto no YouTube;
  • A  Kiehl’s, marca norte-americana de cosméticos, através de campanhas e outras ações na plataforma, atingiu metas de conversão e entregou uma campanha 4x mais eficiente, quando comparada com outros canais;
  • A Gucci levou 45 mil usuários ao seu site com uma combinação inteligente de programação e formatos de anúncio, como por exemplo o TrueView. Dessa forma, deixando os clientes mais próximos da compra;
  • Em uma pesquisa encomendada pela Nielsen e YouGov ao Google, o grupo descobriu que a publicidade gerou um ROI 84% maior para 20 empresas de bens de consumo embalados.

Como o tempo de exibição no YouTube pode te ajudar com as suas vendas?

Agora que você já sabe todos esses dados sobre essa plataforma de vídeos, é hora de entender como o tempo de exibição no YouTube pode te ajudar com as suas vendas. 

Então, como já mencionamos, quanto maior o seu tempo de exibição, mais posições e impressões o seu vídeo receberá. A partir do momento que os seus conteúdos estiverem em melhores posições, você pode trabalhar com esses viewers no seu funil de vendas, oferecendo conteúdo relevante para a sua persona. 

No momento certo, você pode usar as call-to-actions para fazer com que esses usuários visitem o seu site e conheçam o seu produto. É possível deixar o link na descrição do vídeo, ou se você fizer parte do Programa de Parcerias do YouTube, você pode adicionar links externos nos cards durante o vídeo. 

Você também pode utilizar os anúncios de modelo TrueView, que são os anúncios de 30 segundos antes dos vídeos começarem. Apesar de não serem os favoritos dos usuários, se o seu público já está bem engajado com o seu conteúdo, eles podem assistir até o final. Dessa forma, você consegue outra forma de levá-los para o seu site, ou diretamente ao seu produto. 

 

 

Quer saber mais dicas de outras ferramentas de marketing digital? Então fique de olho nos conteúdos do blog! 

Leia também: Você sabe o que é um funil de marketing? Descubra!

  • Categorias